Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Negócios Corporativos

30/01/2017 - 15h17min. Alterada em 30/01 às 15h29min

Fabricante da Ray-Ban compra Óticas Carol

Rede de franquias soma quase mil pontos em todo o Brasil

Rede de franquias soma quase mil pontos em todo o Brasil


Ótica Carol/Divulgação/JC
Agência Globo
O grupo italiano Luxottica anunciou, nesta segunda-feira (30), a compra da rede brasileira Óticas Carol por 110 milhões de euros (cerca de R$ 360 milhões), segundo anúncio da companhia. O comunicado aponta que a Óticas Carol ampliou sua rede de 500 lojas, em 2013, para 950 em 2016 e já tem vendas anuais de 200 milhões de euros (mais de R$ 660 milhões). A Luxottica é fabricante dos óculos Ray-Ban.
"O Brasil é um grande país, no qual acreditamos e atuamos por 25 anos. Com esta transação, damos mais um passo para completar nosso modelo de negócios integrado verticalmente, que se mostrou com benefícios para os consumidores", disse o diretor-executivo do Grupo Luxottica, Leonardo Del Vecchio.
Já o diretor-executivo da Óticas Carol, Ronaldo Pereira, ressaltou as perspectivas de crescimento. "A transação leva Carol para um novo nível. Nossas franquias vão pertencer a uma companhia global de óticas, o que traz uma grande percepção de segurança para continuar a crescer e investir em nossa marca. Agora temos os instrumentos necessários para avançar com os planos de expansão", disse Pereira.
Em meados deste mês, a empresa de lentes francesa Essilor International anunciou a compra da Luxottica Group, fabricante dos óculos Ray-Ban, numa operação que criará uma gigante de 46 bilhões de euros (US$ 49 bilhões) em valor de mercado. O negócio prevê pagamento de 22,8 bilhões de euros em ações.
A nova companhia, EssilorLuxottica, terá 27% do mercado, estimado em 90 bilhões de euros - um dos setores de consumo que crescem mais rápido, segundo o "Financial Times". A futura empresa terá vendas totais de 15 bilhões de euros e cerca de 140 mil funcionários em todo o mundo combinando a fabricação de lentes, armações e o varejo. O acordo ainda dependia da aprovação dos acionistas e das autoridades regulatórias.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia