Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h05.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 25/01 às 19h06min

Ouro fecha em queda enquanto investidores migram para o mercado acionário

O ouro fechou em queda, na sessão desta quarta-feira (25), enquanto os investidores eram atraídos por ativos mais arriscados, como ações de empresas, em meio ao anúncio de medidas do governo Donald Trump, nos Estados Unidos.
O contrato para fevereiro, negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), recuou 1,1%, a US$ 1.197,80 por onça-troy.
As perdas acontecem enquanto o índice Dow Jones ultrapassava a barreira psicológica dos 20 mil pontos pela primeira vez na história, em Wall Street.
"O rali do mercado de ações vai continuar a pressionar o ouro e dar apoio ao dólar", disse Peter Hug, diretor da Kitco Metals, em uma nota aos investidores. "A euforia, mesmo que possivelmente mal orientada, ou no mínimo prematura, vai continuar aumentando o apetite pelo risco e isso é negativo para o ouro", completou.
A alta das bolsas de valores dos EUA acontece ao passo em que o governo Trump anuncia medidas para aumento de investimentos em infraestrutura e um maior controle imigratório, sinalizando assertividade. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia