Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Notícia da edição impressa de 24/01/2017. Alterada em 23/01 às 21h21min

Bovespa sobe 1,90% e atinge maior patamar desde março de 2012

/
A Bovespa teve um pregão de ganhos significativos ontem comandados por ações dos setores financeiro e da cadeia do aço. O avanço do minério de ferro garantiu mais uma rodada de altas das ações de Vale e siderúrgicas. Já a perspectiva de queda de juros, recuperação da economia nacional e redução da inadimplência alavancou os papéis do setor financeiro. Com forte participação de investidores estrangeiros, a Bovespa fechou com elevação de 1,9%, aos 65.748 pontos, maior nível desde 27 de março de 2012 (66.037 pontos).
Mais uma vez figurando como estrelas do pregão, as ações da Vale fecharam com altas de 3,77% (ON) e 4,83% (PNA). Papéis de bancos foram responsáveis por mais de 25% da carteira do Ibovespa.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia