Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h42.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

negócios corporativos

Alterada em 23/01 às 15h42min

JDE anuncia intenção de adquirir portfólio de marcas da Cacique

A Jacobs Douwe Egberts (JDE), empresa líder mundial totalmente dedicada ao mercado de cafés e chás, anunciou nesta segunda-feira (23) a sua intenção de adquirir no Brasil o portfólio de marcas locais da Companhia Cacique, entre elas Pelé, Graníssimo e Tropical.
Sujeita à aprovação das autoridades regulatórias brasileiras, essa aquisição complementará o portfólio da JDE Brasil e fortalecerá a sua liderança em regiões estratégicas no País. Segundo a companhia, em comunicado, a iniciativa representa "um importante passo à medida que continua a trabalhar para atender às preferências e aos gostos dos consumidores brasileiros e atuar de acordo com a sua crença de que 'todos merecem ter o café que amam'".
A JDE tem sede na Holanda, servindo consumidores em mais de 100 países pela Europa, América Latina e Austrália, ocupando a 1ª ou 2ª posição em 27 países. Entre as principais marcas comercializadas em território nacional incluem-se Pilão, Damasco, Café do Ponto, L'OR, Caboclo e Seleto.
A Cia. Cacique é a maior exportadora brasileira de café solúvel, com mais de 50 anos de experiência e conhecimento no segmento de café. Seus produtos são hoje exportados para mais de 70 países nos 5 continentes. A partir desta transação a Cacique poderá concentrar seus esforços em seu principal negócio, o café solúvel.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia