Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de janeiro de 2017. Atualizado às 20h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Alterada em 17/01 às 21h30min

Exxon Mobil vai comprar terras na Bacia do Permiano, no Texas

A Exxon Mobil disse hoje que estava comprando terras cobiçadas na região Bacia do Permiano, que pertenciam à família Bass, por US$ 5,6 bilhões em ações e até US$ 1 bilhão em pagamentos de caixa contingentes.
A Exxon Mobil está comprando companhias pertencentes à família associadas à cidade de Fort Worth, no Texas, que tem um potencial de produção estimado em 3,4 bilhões de barris de petróleo, incluindo na Bacia de Delaware, no Novo México.
As companhias têm pagado preços nunca antes vistos por acres perfuráveis na Bacia do Permiano.
Os que atuam na região dizem que as terras possuam camadas de rochas contendo petróleo que estão empilhadas umas sobre as outras e mantêm reservas substanciais da matéria-prima.
A Exxon Mobil disse que pode usar sua expertise tecnológica para perfurar os mais longos poços laterais na bacia, que podem reduzir os custos de desenvolvimento e aumentar a proporção da reversa que é transformada em produto final.
As companhias adquiridas detêm cerca de 275 mil acres, a maioria na Bacia do Permiano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia