Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. Atualizado às 15h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Crédito

Alterada em 16/01 às 16h53min

Inadimplência das empresas cresce 3,3% em 2016, revela Boa Vista SCPC

No terceiro ano seguido de alta, a inadimplência das empresas brasileiras subiu 3,3% em 2016, conforme balanço da Boa Vista, empresa que presta serviço de proteção ao crédito.
Apesar do resultado negativo, o índice de calotes, que começou 2016 marcando alta de 9,6% em 12 meses no primeiro trimestre, perdeu ritmo no restante do ano, influenciado, em parte, pela queda nas concessões de crédito.
A expectativa da Boa Vista é de manutenção dos baixos níveis de inadimplência nos próximos trimestres, dada a perspectiva de retomada da atividade econômica e como consequência da diminuição dos juros, fatores que, em conjunto, reduzem o custo da dívida e fortalecem o caixa das empresas.
A empresa calcula o indicador com base nos registros de cheques devolvidos, títulos protestados e apontamentos feitos em seu sistema de proteção ao crédito. Em 2014, a inadimplência avançou 4,4% e em 2015, 8,9%.
Só no último trimestre do ano passado, a inadimplência das companhias caiu 2,4% na comparação com o terceiro trimestre, em conta que desconta efeitos sazonais. Frente ao mesmo trimestre de 2015, a queda foi de 2,1%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia