Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 05/01 às 18h44min

Ouro fecha em alta nos EUA e atinge maior nível em cinco semanas com dólar fraco

O contrato futuro de ouro fechou em alta na sessão desta quinta-feira (5), ajudado pela desvalorização do dólar e pela ata da reunião de política monetária de dezembro do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), que foi tida como menos "hawkish" do que o esperado. O metal atingiu seu maior nível em cinco semanas.
O ouro para fevereiro, negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em alta de 1,37%, a US$ 1.181,30 por onça-troy.
A ata da reunião de dezembro do Fed mostrou que os dirigentes do BC americano consideram o futuro governo Trump uma "incerteza considerável" para a economia. O documentou utilizou as palavras "incerto" ou "incerteza" quinze vezes, o que tem tirado força do dólar desde a tarde de ontem.
Além disso, a moeda americana também foi pressionada com dados da economia do país. A leitura final do PMI de serviços de dezembro da Markit Economics caiu a 53,9 em dezembro, de 54,6 em novembro. Já o PMI de serviços medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM) ficou estável em 57,2 em dezembro. O dólar também aprofundou as perdas após o dado de emprego que mostrou que a economia dos EUA criou 153 mil empregos em dezembro, menos que a previsão de 168 mil, de acordo com a ADP.
Uma moeda americana mais fraca tende a ser favorável para o ouro, já que o metal é cotado em dólar e, assim, fica mais barato para investidores que operam em outras divisas. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia