Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 04 de janeiro de 2017. Atualizado às 22h30.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 05/01/2017. Alterada em 04/01 às 22h41min

Conab faz novos leilões para escoamento de trigo

Operações visam apoiar os produtores do grão na região Sul do País

Operações visam apoiar os produtores do grão na região Sul do País


IMPRENSA EMATER/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Em continuidade à política de apoio aos produtores de trigo da região Sul do País, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou ontem os dois primeiros leilões do ano de subvenção para escoamento do produto. As operações ocorreram por meio de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e Prêmio para Escoamento de Produto (PEP).
No caso do Pepro (Aviso nº 004/17), foi comercializado um valor de prêmio para a remoção de 67,7 mil toneladas de trigo, o que equivale a 22,02% do total ofertado, para 307,5 mil toneladas. Quanto ao PEP (Aviso nº 005/17), a quantidade de prêmio adquirida foi para a remoção de 3 mil toneladas do produto, ou seja, 2,8% das 107,5 mil toneladas ofertadas.
Para estas novas operações, considerando os preços de mercado, a Conab ajustou o valor máximo do prêmio de abertura para 0,208 (R$/kg) para os três estados do Sul. Nos leilões anteriores, ocorridos em dezembro de 2016, o valor foi de 0,192 (R$/kg).
No caso do Pepro, a subvenção de 0,208 refere-se ao valor máximo que o governo federal pagará ao arrematante, produtor rural ou sua cooperativa que comprovar a venda e o escoamento do seu produto de acordo com o edital. Nas operações de PEP, a subvenção será concedida aos arrematantes que adquirirem o trigo pelo preço mínimo fixado pelo governo federal e escoarem o grão conforme estabelecido.
As operações, iniciadas neste mês, atendem à demanda do setor produtivo, para incentivar a equalização de preços do trigo.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia