Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h42.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 01/02/2017. Alterada em 31/01 às 21h10min

O DNA escolar dos alunos

Um grupo de empreendedores acaba de lançar no mercado o aplicativo Schoolastic, que gerencia todas as informações de desenvolvimento acadêmico de um aluno. Trata-se de ferramenta completa para pais e responsáveis acompanharem a vida escolar dos filhos, estabelecendo ou ratificando um vínculo importante com a escola. O Schoolastic busca promover o conhecimento personalizado dessas informações, gerando segurança, rapidez e praticidade nas comunicações sobre fatos relevantes do dia a dia, evolução pessoal, comportamental e acadêmica. Desenvolvido pela paulista YouMobi, conta com o apoio da IBM e tem o gaúcho Sérgio Madalozzo - GlobalFut de Ivoti, entre outros projetos - como investidor.
Um banco de dados
A proposta é aumentar o conhecimento sobre cada um dos alunos com o mapeamento de indicadores de suas competências socioemocionais e inteligências múltiplas. O que no futuro dará sustentação às tendências identificadas, servindo como orientadores para áreas de estudo e profissões adequadas a cada perfil.
Em feira da Índia
Duas empresas brasileiras, a Corium de Novo Hamburgo e a Cipatex de Cerquilho (SP), do setor de componentes de calçados e artefatos, participam pela primeira vez e com apoio da Apex Brasil a partir de hoje da Chennai Trade Centre, em Chennai, na Índia. Já é 32ª edição e que aguarda receber 13 mil visitantes.
A Fruki em Pelotas
A inauguração oficial do moderno Centro de Distribuição (CD) da Fruki em Pelotas para atender a região Sul será dia 15 de março. É um investimento de R$ 20 milhões numa área construída de 10 mil metros quadrados. Seus demais CDs estão em Canoas, Caxias do Sul, Santo Ângelo e junto à matriz, em Lajeado.
Crise na agropecuária
A agropecuária foi o setor menos afetado pela crise, mas ela é hoje mais sentida do que ontem pelo lado do consumo, que custa a se recuperar devido ao endividamento das famílias, segundo o diretor da Guatambu de Dom Pedrito, Valter José Pötter. Ele também vê com pouco otimismo a retomada da economia em 2017.
A música que movimenta economia
A economia de Pelotas vem recebendo nos últimos anos um reforço importante no verão com o Festival Internacional Sesc de Música, na sétima edição. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, houve este ano um aumento médio de 45% nas vendas do setor da alimentação; de 35% do comércio e 40% da hotelaria. O presidente do Sistema Fecomércio, Luiz Carlos Bohn, já confirmou a edição 2018 do evento, após reconhecer que "há sete anos o Festival vem transformando a rotina no município e beneficiando a economia local. Alguns hotéis registraram ocupação de 80%. É a cultura que toma conta da cidade e que movimenta a economia".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia