Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 15h32.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 23/01/2017. Alterada em 22/01 às 21h52min

Ocupação permanente

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
A Praça da Matriz era para ser a mais bem cuidada de Porto Alegre, a mais alegre, a mais florida e a mais segura, e por uma simples razão: três Poderes, a Cúria Metropolitana mais o Ministério Público estão no seu entorno, então deveria haver - mas não há - uma parceria. E aí tomam conta, como diz o povo. Parcialmente oculto pelos galhos, alguém arranchou de vez debaixo da árvore em frente.

O resumo

Como sempre, em aviação (e até no futebol), nunca há uma única causa, mas uma sucessão de eventos. Aeroporto de Paraty não opera por instrumentos e só permite aproximação visual, chuva forte que acarretou pouca visibilidade e teto baixo, desorientação espacial por falta de referências visuais, um só piloto e um fator extra: patrão a bordo.

A biblioteca de 130 milhões

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou recurso da Fazenda Nacional pedindo que o acervo de livros penhorado da Fundação Universidade de Caxias do Sul (UCS) fosse reavaliado pelos oficiais de Justiça. Conforme a decisão, o acervo é gigantesco e inviabilizaria o trabalho dos profissionais. São exatas 1.013.792 obras, que valeriam R$ 130 milhões, segundo a UCS. É tarefa para especialistas.

De olho na gestão

Alguma coisa começa a mudar nas prefeituras a visão de que é preciso melhorar a gestão, e não apenas fazer mais do mesmo. A Celulose Riograndense, de Guaíba, sediou encontro promovido pelo prefeito José Sperotto (PTB) para debater a qualificação. Lá, estiveram dirigentes do PGQP, Agenda 2020, Sebrae-RS mais o presidente da CR, Walter Lídio Nunes, um incansável guerreiro da causa da competência.

Expansão do Sesi

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS), que completa 75 anos, quer expandir seus serviços por meio da mobilidade e virtualidade, tanto pelas unidades móveis quanto pelos cursos em educação a distância, informa o diretor regional da instituição, Carlos Trein.

Exemplos de reciclagem

O deputado federal Carlos Gomes (PRB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Reciclagem, visita, amanhã, a Suzuki Recicladora, de Dois Irmãos, e a recicladora da Braskem, em Triunfo, onde conhecerá o Centro de Tecnologia e Inovação da empresa. A visita tem como objetivo apresentar aos integrantes da frente os projetos desenvolvidos de reciclagem de materiais plásticos.
 

O Centro do Medo I

A insegurança, os assaltos à mão armada ou com arma branca, os pontos de venda de drogas, os achaques, as chantagens e toda uma série de mazelas que deixam os moradores e o comércio do entorno do viaduto Otávio Rocha em situação de pânico começa a sensibilizar os políticos. O vereadores André Carús (PMDB) abraçou a causa.

O Centro do Medo II

Carús já se reuniu e agendou reunião com todas as instituições e secretarias envolvidas e garantiu que vai até o fim. O clima é tão sombrio que os comerciantes e moradores nem mesmo querem ser fotografados ou mencionados. O Centro, hoje, virou um vasto QG do Crime. Vamos torcer para que, ao fim e ao cabo, isso mude.

Inspiração e transpiração

Não foi só a atuação dos atores que esquentou as noites das apresentações dos espetáculos do Porto Verão Alegre na sala Álvaro Moreyra na semana passada. Artistas e público tiveram que enfrentar o ar-condicionado à meia capacidade que aguarda o conserto por parte da prefeitura da Capital.

Fala o DMLU

A respeito da pichação da Ponte dos Açorianos, o DMLU informa que, na mesma noite, uma equipe da Seção Centro cobriu a meleca feita por vândalos. No monumento só pode ser aplicado cal, que é o revestimento original, não sendo possível lavagem ou outro tipo de pintura.

Miúdas

VAI longe o tempo em que os presidentes norte-americanos desfilavam em carros conversíveis após a posse.
NO curto prazo, a criação de empregos se daria com a prorrogação para 120 dias 120 renováveis do trabalho temporário.
TEXTO de anúncio de lanterna em site de jornal: "Pida sua lanterna hoje". Tem que ser muito pidão.
 

Finais

COLABORADORES da MRV Engenharia concluíram o curso de Mestre de Obras, promovido em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (Sticc). UNIVERSIDADE Feevale recebe hoje a visita de representantes da Häme University of Applied Sciences (Finlândia).
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Paulo Gazzana 23/01/2017 16h22min
Parece que o tal direito de "ir e vir" foi criado para beneficiar vagabundos, bandidos, traficantes e viciados. O cidadão correto está sob ameaça constante e ainda tem que cuidar para não ofender os meliantes, sob pena de prisão e pesadas multas. Será o início do fim dessa civilização?
ALEXANDRE CUNHA KRAUSE 23/01/2017 08h31min
o nobre vereador Andre Carús, quando então, presidente do DMLU, não fez comentarios sobre o Viaduto Otávio Rocha, na Borges. Agora que saiu do orgão, parece que acordou?