Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 15h04.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Crise Política

Alterada em 27/12 às 16h08min

Defesa de Dilma critica ação da Justiça Eleitoral em pleno recesso

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff criticou, em nota, a realização de ações de investigação em pleno recesso do Judiciário e a obtenção de depoimentos sem a presença de advogados. De acordo com o advogado de Dilma, Flávio Caetano, faltou respeito ao contraditório.
Não foram informados, no entanto, a quantidade e os nomes das pessoas que foram ouvidas pelo juiz auxiliar encarregado de liderar a colheita dos depoimentos.
A nota da defesa de Dilma também defende a "regularidade das despesas contratadas pela chapa Dilma-Temer", diz que as três empresas contratadas "atenderam aos requisitos legais de regularidade jurídica e de capacidade operacional", bem como afirma que "três gráficas periciadas prestaram serviços em campanhas eleitorais anteriores e a partidos políticos diversos".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia