Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h45.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 13/12/2016. Alterada em 12/12 às 22h01min

Votação de projeto das doulas volta a ser adiado

Dr. Thiago (c) é o maior opositor ao projeto de lei de Jussara Cony

Dr. Thiago (c) é o maior opositor ao projeto de lei de Jussara Cony


LEONARDO CONTURSI/CMPA/JC
Pela segunda vez consecutiva, a votação do projeto que regulamenta a atuação das doulas, acompanhantes especializadas requisitadas pelas mães durante o período da gestação e no processo de parto, foi interrompida por falta de quórum na Câmara de Porto Alegre. A proposta foi apresentada por Jussara Cony (PCdoB) em 2014 e pautou uma audiência pública, além de reuniões abertas das comissões do Legislativo.
Esta é a segunda vez que a matéria entra em discussão na Câmara, e não é votada. Duas emendas foram apreciadas na tarde de ontem. A principal polêmica envolve a autora da proposta e a bancada médica da Casa, Dr. Thiago Duarte (DEM) e Dr. Goulart (PTB). Os médicos se posicionam contra o projeto de Jussara.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia