Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h33.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Alemanha

Notícia da edição impressa de 30/12/2016. Alterada em 29/12 às 22h34min

Tunisiano suspeito de ligação com atentado em Berlim é liberado

A polícia liberou, nesta quinta-feira, o homem detido sob suspeita de envolvimento no ataque terrorista da semana passada na capital da Alemanha, após investigadores determinarem que ele não esteve em contato com o principal suspeito do atentado imediatamente antes do incidente.
O tunisiano de 40 anos foi detido na quarta-feira em Berlim. Segundo promotores federais, seu número de telefone estava salvo na agenda do celular de Anis Amri, o principal suspeito do atentado.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia