Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016. Atualizado às 20h48.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 28/12 às 21h50min

Casa Branca diz que Obama e Trump tiveram conversa positiva nesta quarta

O porta-voz da Casa Branca, Eric Schultz, disse que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se comprometeu a continuar conversando com o presidente eleito do país, Donald Trump, mesmo após Trump acusar Obama de lançar "barreiras" para a transição de poder.
Nesta quarta-feira, Obama, que está em férias no Havaí, conversou com Trump. Segundo Schultz, a conversa foi "positiva" e focada em "continuar com uma transição eficaz".
Segundo o porta-voz, outras conversas de Obama com Trump foram positivas desde que o republicano ganhou as eleições, em 8 de novembro. Ele disse que Obama e Trump concordaram que suas equipes irão continuar trabalhando juntas até o dia da posse do bilionário, em 20 de janeiro.
Nesta quarta-feira, Trump disse, em seu perfil no Twitter, que a transição de poder nos EUA não estava indo bem e que a culpa disse era de Obama. Trump também discordou da decisão do presidente americano de se abster da votação no Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre os assentamentos de Israel.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia