Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 10 de dezembro de 2016. Atualizado às 17h25.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terrorismo

Alterada em 10/12 às 18h25min

Ataque suicida deixa mais de 50 mortos na Nigéria

Agência Brasil
Duas mulheres suicidas se explodiram em um mercado na cidade de Madagali, no Nordeste da Nigéria, deixando ao menos 57 mortos e 177 feridos, sendo 120 crianças, nessa sexta-feira (10).  Os ataques coordenados foram reivindicados pelo grupo terrorista Boko Haram, que tem travado uma batalha para criar um Estado com leis islâmicas no nordeste do país.
De acordo com o major Badare Akintoye, porta-voz de uma unidade do Exército na cidade vizinha de Mubi, os ataques foram realizados simultaneamente pelas estudantes em duas entradas do mercado. O grupo terrorista tem realizado com frequência ataques suicidas com bombas em áreas cheias de pessoas. "Agentes da segurança assumiram a área para evitar que inimigos realizassem outro ataque", completou Akintoye.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia