Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de dezembro de 2016. Atualizado às 14h26.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Previdência

21/12/2016 - 19h48min. Alterada em 21/12 às 19h48min

Operação da PF que investiga fraude na Previdência cumpre mandados em Canoas

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (21), a Operação Rábula, para desarticular uma quadrilha especializada em fraudar benefícios de auxilio doença previdenciários.
Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão no bairro Mathias Velho, em Canoas. Três pessoas são investigadas na operação. Uma delas é uma estudante de Direito que se apresentava como advogada. O grupo falsificava atestados médicos, que eram apresentados à Previdência Social para a concessão dos benefícios.
A investigação teve início em 2014 e já identificou aproximadamente 200 mil reais de prejuízo. Os crimes investigados são falsificação de documento e estelionato contra a Previdência Social.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários