Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 18h44.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Futebol

Alterada em 27/12 às 19h44min

São Paulo paga o Grêmio, contrata lateral Junior e o integra ao elenco

O São Paulo anunciou nesta terça-feira a contratação de um reforço "caseiro". O clube paulista acertou a compra do lateral-esquerdo Junior, que se destacou no sub-20 do time paulista nesta temporada. Ele, porém, estava em Cotia emprestado pelo Grêmio, que recebeu R$ 500 mil na transação.
A opção de compra por este valor estava estipulada em contrato. Junior chegou a ser titular do Grêmio em algumas partidas do ano passado e vinha jogando com regularidade no Joinville, na Série B, quando, em julho, aceitou defender o sub-20 do São Paulo. Na base, conquistou o título da Copa do Brasil Sub-20 e do Campeonato Paulista da categoria.
Agora tratado pelo São Paulo por Junior Tavares, o lateral assinou até dezembro de 2019 e, incorporado do elenco principal, fará a pré-temporada sob o comando de Rogério Ceni, estando garantido na Florida Cup.
"Estou muito feliz porque o São Paulo é um grande clube, sem dúvida um dos maiores do País. Espero representar bem esta camisa, nesta nova etapa, e farei de tudo para realizar o meu sonho: atuar no time principal. Quero dar alegrias ao torcedor e retribuir a confiança do clube dentro de campo", afirmou o atleta, de 20 anos.
"Terei a oportunidade de conhecer melhor o elenco, e estou preparado para aproveitar a chance de trabalhar com o Rogério. Desejo que 2017 seja um ano de títulos e glórias para o clube, e que o torcedor esteja sempre conosco nesta caminhada", disse.
Com a saída de Mena e Carlinhos, Junior Tavares e Matheus Reis deverão ser os únicos laterais-esquerdos de ofício no elenco, ainda que Buffarini também possa atuar no setor.
Antes dele, o São Paulo já havia definido que o lateral-direito Foguete, que também renovou contrato, será incorporado ao elenco principal. Os próximos da lista deverão ser o meia Shaylon e o atacante Gabriel Rodrigues, respectivamente da Chapecoense e do Guarani, que também precisam ser adquiridos em definitivo.
Rogério Ceni deve avaliar boa parte da chamada "geração 96", de jogadores nascidos em 1996, recordista de títulos na base tricolor. Araruna, Auro, Lucas Kal e Tormena estão entre os atletas que não podem mais atuar na base porque estouraram o limite de idade. Além deles, nomes como Luiz Araújo, Pedro, Lucas Fernandes, Artur, Lucão e Lyanco já estavam no elenco profissional.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia