Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de dezembro de 2016. Atualizado às 18h47.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

liga dos campeões

Alterada em 06/12 às 19h48min

Sem Neymar e Luis Suárez, Barcelona goleia Mönchengladbach com show de Arda Turan

Se vem enfrentando dificuldades no Camp Nou no Campeonato Espanhol, o Barcelona mais uma vez utilizou-se de um confronto em casa pela Liga dos Campeões para lavar a alma nesta terça-feira. Mesmo com uma escalação alternativa, sem Neymar e Luis Suárez, o time catalão não teve qualquer dificuldade para atropelar o Borussia Mönchengladbach por 4 a 0 na última rodada da fase de grupos.
Já classificado para as oitavas como líder da chave, o Barcelona entrou em campo sem alguns de seus principais destaques. Lionel Messi foi um dos poucos titulares que jogaram, mas o destaque ficou por conta justamente de uma das novidades no ataque catalão. Arda Turán foi o grande nome do jogo, ao marcar três gols e dar uma assistência, para Messi fazer o outro.
Apesar da vaga já garantida, o Barcelona entrou em campo pressionado pelo empate levado no fim do clássico contra o Real, no sábado, e pela fraca campanha em casa no Espanhol, pelo qual já empatou três vezes e perdeu uma diante da torcida. Na Liga dos Campeões, no entanto, a campanha é irrepreensível. São três triunfos em três partidas no Camp Nou, com incríveis 15 gols marcados e nenhum sofrido.
O resultado desta terça levou o Barcelona a 15 pontos, na liderança do Grupo C. A segunda colocação, e consequentemente a outra vaga da chave, é do Manchester City, que não passou de um empate por 1 a 1 com o Celtic nesta terça, em casa. O Borussia Mönchengladbach fechou o torneio em terceiro, com cinco pontos, e vai à Liga Europa, seguido do lanterna Celtic, com três.
Sem grandes pretensões, o Barcelona entrou em campo sem muito ímpeto nesta terça. O time mantinha a posse de bola, como é sua característica, mas pouco criava. Ainda assim, abriu o placar aos 15 minutos, quando Messi recebeu na intermediária, foi levando para a esquerda e encontrou Turan, que da linha de fundo rolou de volta para o argentino na área. O craque, então, apenas finalizou cruzado para abrir o placar.
O gol deu um pouco mais de ânimo para os donos da casa, que levaram perigo mais duas vezes no primeiro tempo, com Messi e Denis Suárez, mas eles erraram na hora da finalização. O Barcelona só voltou a marcar na etapa final, com Turan. Logo aos quatro minutos, Denis Suárez tabelou com Vidal e cruzou da linha de fundo. A bola desviou na defesa, mas ficou limpa para o turco chegar finalizando de cabeça com liberdade.
Turan encontrava muita liberdade pelo lado esquerdo do ataque e não demorou para marcar mais um. Aos sete minutos, Messi enfiou para Vidal, que chegou cruzando para o turco bater no contrapé do goleiro. Ele mesmo ainda faria o quarto aos 21, aproveitando boa jogada de Alcácer e Rafinha. Turan chegou livre na área e fuzilou o goleiro, que entrou com bola e tudo.
Seis minutos depois, foi a vez de Messi levar perigo. Após grande jogada de Digne pela esquerda, ele cabeceou de peixinho, mas Sommer espalmar. Com o confronto decidido, o Barcelona desacelerou, enquanto o Mönchengladbach, resignado, esperou o fim do jogo.
Na Inglaterra, o Manchester City também entrou com uma escalação repleta de reservas para encarar o Celtic. Ao contrário do Barcelona, no entanto, decepcionou mais uma vez e não passou de um empate por 1 a 1, resultado que pouco importava para a competição, já que os donos da casa já tinham a segunda colocação garantida.
O confronto no Etihad Stadium foi decidido logo nos primeiros minutos. Aos três, Patrick Roberts aproveitou saída de bola errada do City, passou como quis por Clichy na entrada da área e marcou um belo gol. Aos sete, o time inglês selou o placar. Nolito recebeu na intermediária e deu enfiada precisa para Iheanacho, que bateu cruzado e marcou belo gol.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia