Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016. Atualizado às 07h24.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

logística

Notícia da edição impressa de 28/12/2016. Alterada em 27/12 às 21h22min

Empresa norueguesa reserva área no Distrito Industrial de Rio Grande

A reunião ocorreu no gabinete do secretário da Sdect, Fábio Branco, em Porto Alegre

A reunião ocorreu no gabinete do secretário da Sdect, Fábio Branco, em Porto Alegre


SDECT/DIVULGAÇÃO/JC
A Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect) e o Grupo Odfjell assinaram ontem contrato preliminar de reserva de área no distrito industrial de Rio Grande. A reunião ocorreu no gabinete do secretário da Sdect, Fábio Branco, em Porto Alegre. Estiveram presentes integrantes do Grupo Odfjell e o superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco. A empresa é pioneira no transporte de químicos líquidos a granel. A empresa de origem norueguesa possui 10 terminais na Europa, Estados Unidos e Ásia, e outros 15 na Argentina, Brasil, Chile e Peru.
A área reservada pela empresa fica localizada no Distrito Industrial, módulo 7.3, e possui cerca de 43 mil metros quadrados. A reserva serve para que a empresa cumpra diversos requisitos para instalação em áreas industriais no Estado até que seja finalizado o processo de compra do terreno. "O Grupo Odfjell tem um grande histórico no porto do Rio Grande sempre voltado à alta produtividade, eficiência e geração de empregos. Todas essas características renovam-se nesse interesse de área que só trará benefícios à cidade e ao porto", diz Branco.
A empresa atende o Polo Petroquímico e outras indústrias da região de Triunfo, sendo composto por 32 tanques pressurizados com capacidades variando entre 650 m3 a 5.000 m3, totalizando 60.800 m3, dos quais seis tanques são em aço inoxidável. O parque de tanques está conectado a três berços de atração através de quatro linhas de cais pigáveis em aço inoxidável, sendo duas linhas para os dois berços no Píer Petroleiro e duas linhas para um berço no Píer da Braskem, além de tubulações para nitrogênio e retorno de vapores. A empresa ainda opera o terminal da Braskem.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
jorge martinez 28/12/2016 08h07min
reservar a area nao significa nada pois sem as licenças da fepan nao sai ampliaçao , ex a ampliaaçao da yara que foi anunciada e reanunciada e a obra vem se arrastando para começar , um estado que tem 2 pesos e 2 medidas nao da para acreditar nesse tipo de noticia .