Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 26 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

consumo

26/12/2016 - 22h16min. Alterada em 26/12 às 22h37min

Vendas na semana de Natal caíram 4%

As previsões negativas dos varejistas de que o Natal de 2016 seria o segundo pior em mais de dez anos, só perdendo na queda para o de 2015, começam a se confirmar. Dois indicadores nacionais de volume de vendas mostram que o tombo foi bem menor.
Na semana do Natal, as vendas recuaram 4% em relação a igual período de 2015, segundo a Serasa Experian, empresa especializada em informações financeiras. Em 2015, a queda havia sido de 6,4% na comparação com o ano anterior. Apesar de ser dois anos seguidos de retração, isto é, queda sobre queda, o desempenho do Natal deste ano foi o segundo pior desde que consultoria começou a monitorar as vendas em 2003.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia