Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 26 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Serviços

Notícia da edição impressa de 27/12/2016. Alterada em 26/12 às 21h21min

Ceia de Réveillon mobiliza a gastronomia em Porto Alegre

Com 20 anos de atuação no preparo de refeições, a Lamb's tem entregas programadas até para o Litoral

Com 20 anos de atuação no preparo de refeições, a Lamb's tem entregas programadas até para o Litoral


LAMBS CEIA/DIVULGAÇÃO/JC
Thiago Copetti
A mesma ceia de Réveillon que une famílias e amigos também alimenta um diversificado mercado de alimentação e lazer em Porto Alegre. Para quem não está muito disposto a enfrentar o calor do fogão ou apenas busca novos prazeres gastronômicos nas comemorações de final de ano, não dá pra se queixar das opções oferecidas na Capital.
A Lamb's, por exemplo, atua há 20 anos confeccionando ceias de Natal e Réveillon. A demanda é tanto de produtos para casais como para grupos de 10 pessoas ou mais. No caso do kit para uma dezena de convidados (o produto mais em conta no cálculo per capita), o custo é de R$ 96,00 por pessoa. E há boa demanda, assegura Patrícia Lamb, sócia-proprietária da empresa.
"Temos pedidos e entregas até para o Litoral. Com um veículo próprio e refrigerado, estamos atendendo a pedidos até em Torres. No Natal, tivemos mais de 100 encomendas, o que demandou a contratação de cinco pessoas extras no dia 24", comenta Patrícia.
O mercado de jantares para o último dia do ano também movimenta parte da rede hoteleira da cidade, com moradores da própria Capital. O Hotel Continental, por exemplo, espera por uma centena de clientes na lista para degustar a ceia do dia 31 de dezembro no restaurante. Em geral, diz o maitre Paulo Fernando Vargas, as reservas são para entre 3 a 4 pessoas nessa data.
"São grupos menores do que costumamos atender no Natal, mas as ceias de Réveillon aqui são tão tradicionais quanto as do dia 24", avalia Vargas.
Outra opção, que reúne gastronomia e turismo, é o jantar no recentemente reinaugurado Cisne Branco. Ou melhor, para quem ainda não fez reserva, a opção agora é somente pela embarcação Noiva do Caí, onde será feita a acomodação da lista de espera. A demanda pelo Cisne Branco foi tão grande na atual temporada que a empresa acabou buscando parceria com o Noiva do Caí para atender clientes que chegaram tarde demais para a ceia na embarcação principal. A ceia, no caso, é um variado coquetel, servido ao longo de 3 horas de navegação pelo lago Guaíba. O custo é de R$ 130,00 por pessoa.
"Foi a primeira vez que tivemos de fazer essa parceria no Réveillon. Ao todo, 430 pessoas farão a celebração entre os dois barcos. Acredito que, por ser um final de ano reduzido, sem feriado, menos pessoas viajaram, e procuraram algo diferente para fazer em Porto Alegre. E alguns, com visitantes de outros estados em casa, optaram por essa alternativa para mostrar a cidade aos turistas, como de Minas Gerais e São Paulo, que estão entre os clientes que fizeram reservas, por exemplo", diz Adriane Hilbig, proprietária do Cisne Branco.
Mas nem só grandes empreendimentos têm seus negócios fermentados pela data. Na Rainha Ômega Alimentos, o mercado de Réveillon é bem específico, e o chef Fernando Menegassi aproveita um bom diferencial de mercado: o de ceias veganas. No Natal, foram cerca de 50 kits vendidos. Para o fim do ano, a expectativa é fechar em cerca de 30 kits.
"São clientes que querem apresentar pratos novos e veganos a amigos e familiares, ou vão passar a ceia com outras pessoas sem abrir mão da sua tradição alimentar, e levam o kit para lá", explica Mengassi, especialista em carnes veganas.
Um dos destaques da ceia da Rainha Ômega é o assado de carne de glúten defumado (R$ 85,00). A linguiça vegana, porém, acabou ainda no Natal. "As carnes veganas estão em alta, e muitas vezes não conseguimos produtos para tanta demanda", explica Menegassi.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia