Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de dezembro de 2016. Atualizado às 09h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 08/12 às 10h10min

Juros futuros caem com decisão do STF sobre Renan e PEC do Teto no radar

Mesmo já tendo precificado que Renan Calheiros permaneceria à frente da presidência do Senado, os juros futuros reagem bem nesta quinta-feira (8) à confirmação da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) tomada na quarta-feira (7) à noite. Isso porque com isso o caminho fica mais livre para a votação da PEC do Teto de Gastos em segundo turno na Casa está mantida para a próxima terça-feira.
Além disso, o exterior mais calmo e o dólar à vista em queda ante o real colaboram para esse movimento.
Às 9h33min, o DI para janeiro de 2018 exibia 11,89%, de 11,92% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2019 estava em 11,46%, de 11,55%, enquanto o DI para janeiro de 2021 estava em 11,76%, na mínima, de 11,95% no ajuste de quarta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia