Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h11.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

Gastronomia

homem na cozinha

Notícia da edição impressa de 23/12/2016. Alterada em 22/12 às 17h33min

Para ceias mais festivas

CAMPCARNE/DIVULGAÇÃO/JC
Na semana passada, sugerimos uma salada de grãos com frutas, que serviria como entrada (a quem perdeu, basta pedir ao e-mail do colunista que a receita lhe será enviada). Hoje, um prato principal, adequado tanto à ceia de Natal quanto à de Ano-Novo. Para esta, aliás, a última página do ano (dia 30) apresentará mais sugestões, capazes de proporcionar um delicioso Réveillon. Por enquanto, feliz Natal e bom apetite a todos!
Pernil marinado com batatas douradas
Por chef Henrique Silva
Ingredientes (seis pessoas):
  • 1 pernil suíno marinado sem osso (de 2,5kg a 3kg)
  • 2 cebolas grandes picadas
  • 6 dentes de alho picados
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto
  • 2 colheres (sopa) de sal
  • 2 colheres (sopa) de pimenta do reino
  • 6 batatas inglesas médias lavadas
  • azeite de oliva
Modo de preparar:
1. Retirar pernil da embalagem e passar a uma assadeira untada com azeite. Cobrir com cebola e alho, regar com vinagre, salpicar sal e pimenta do reino.
2. Fechar assadeira com papel alumínio e levar ao forno preaquecido a 180º C. Assar por 2,5 a 3 horas (calcular uma hora por quilo).
3. Colocar batatas com ou sem casca em uma fôrma, temperar com sal, pimenta e gotas de azeite. Assar simultaneamente com a carne, por menos tempo, virando-as uma vez.
4. Remover alumínio e deixar por mais 40 minutos no forno para dourar. Regar com água morna e mexer o fundo da assadeira para formar molho.
5. Quando estiver bem dourado, retirar, fatiar e servir com as batatas assadas.

via e-mail

via e-mail - primeira nota
via e-mail - primeira nota
DIVULGAÇÃO/JC
Ceia e opção de hospedagem para Natal e Ano-Novo no Radisson (foto): na noite de 24, o menu terá Ceasar salad, mousse salgada, carpaccio de abacaxi com hortelã, peru, tender, lombo de meca, massa ao funghi e sobremesas - somente a ceia, R$ 89,00 por pessoa. Reservas: (51) 3019-8000.
No Sheraton, sequência de almoços e ceias até 2017 começar, com ou sem hospedagem. A ceia de Natal, com bebidas, custa R$ 349,00 por pessoa; o almoço de dia 25, R$ 99,00; a ceia de Ano-Novo, com bebidas, R$ 599,00; o almoço de dia 1, R$ 99,00. Os preços são acrescidos de 10%. Reservas: (51) 2121-6060 - no dia, sofrem acréscimo.
Parrilla del Sur montou promoções especiais: neste sábado (24) e no próximo (31), abre das 11h30min às 14h30min, com carré de cordeiro ao preço de R$ 39,90. No domingo (25), direto das 11h30min às 23h, com tapa de cuadril por R$ 44,90, até 17h; depois, esse lindo entrecôte da foto por R$ 12,90. Av. Nilópolis, 111. Reservas: (51) 3012-7878.
Neste domingo (25) das 13h às 22h30min, Billabong Day nos Outback dos shoppings Iguatemi e Barra: 50% de desconto em bebidas como coquetéis e chope na caneca congelada (exceto cervejas importadas, garrafas de vinho e destilados). Dia 24 e 31, funcionamento das 11h30 às 16h; dia 1, das 13h às 22h30min.

Rascatelli com vitela

prato do dia - foto principal
prato do dia - foto principal
fotos CPM/DIVULGAÇÃO/JC
Assumo uma brutal dificuldade no Copacabana: desde meus 19 aninhos não consigo pedir outra coisa lá. No começo ainda abria os trabalhos com gordas rodelas de linguiça calabresa, que a gente via sobre o fogão – este precisava ser contornado para, vencida a cozinha, chegar-se ao salão dos fundos. Era onde se acomodavam desde jornalistas famosos até os focas, como se chamavam os estagiários da época. E nós, alguns intrometidos alunos da Famecos.
Esta semana estive lá, movido por incontrolável vontade de rever a inefável vitela (foto), muitíssimo bem temperada, assada com cebolas e batatas, escoltada por rascatelli, a massa top da casa (detalhe). Ressalte-se que eram meias-porções (respectivamente R$ 52,00 e R$ 27,00), suficientes para aplacar os apetites de dois adultos esfomeados.
O Copa de hoje é regido por uma neta e um neto do Biaggio, falecido há alguns anos. O sócio dele Chico Spina foi ainda mais cedo, mas ambos devem estar felizes porque, à exceção dos ambientes renovados e dos menus de carnes e massas ampliados (o de sobremesas também merece exame), o restaurante continua igual – ótimo, em sua proposta culinária do sul da Itália. O serviço a la carte está sempre disponível, mas de terças a sextas-feiras há opção de almoçar bufê de saladas com rodízio de massas e carnes (R$ 28,00).
Quem nos atendeu foi Eloir, garçom com 47 anos de casa, que deu a boa notícia: nos próximos sábados e domingos (de Natal e Ano-Novo) o Copa servirá almoços até 15h. Nossa conta, com dois chopes, mineral, café espresso e gorjeta, ficou em R$ 129,14.
Copacabana – Praça Garibaldi, 2 (tel. 51 3221-4616 ), com estacionamento (grátis) logo adiante.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia