Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atualizado às 23h53.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Reestruturação do Estado

Notícia da edição impressa de 24/11/2016. Alterada em 23/11 às 21h53min

Governo não conta com voto de Jardel para aprovar o pacote

Deputado Mário Jardel foi submetido a uma perícia médica ontem

Deputado Mário Jardel foi submetido a uma perícia médica ontem


JONATHAN HECKLER/JC
Bruna Suptitz
Sofrendo processo de cassação na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Mário Jardel (PSD) está afastado dos trabalhos da Casa. E, apesar de ser do partido do vice-governador José Paulo Cairoli, não está sendo considerado pela base do governo José Ivo Sartori (PMDB) na busca por votos para a aprovação de projetos do pacote enviado nesta semana pelo governo do Estado ao legislativo.
Líder do governo na Casa, o deputado Gabriel Souza (PMDB) confirma que está conversando e negociando com parlamentares de partidos aliados. Mas o pacote, que mexe na estrutura do governo, não encontra respaldo em todos os parlamentares e cada voto está sendo considerado decisivo. Entretanto, o de Jardel, decisivo na aprovação da alíquota do ICMS, pode ser mais um desfalque para o governo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia