Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de novembro de 2016. Atualizado às 00h14.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Síria

Notícia da edição impressa de 03/11/2016. Alterada em 03/11 às 00h50min

Rússia anuncia nova trégua em Aleppo e exige saída de rebeldes

A Rússia anunciou uma nova "pausa humanitária" nos ataques sobre Aleppo para sexta-feira e orientou que os rebeldes entrincheirados em partes sitiadas desta cidade no norte da Síria saiam do local. O presidente Vladimir Putin exigiu a interrupção dos ataques "para evitar vítimas sem sentido", afirmou ontem o Ministério da Defesa.
"Dado que os nossos colegas norte-americanos são incapazes de separar a oposição dos terroristas, falamos diretamente aos líderes de todos os grupos armados e pedimos que cessem os combates e deixem Aleppo com suas armas", declarou Valery Gerasimov, chefe das Forças Armadas da Rússia.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia