Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de novembro de 2016. Atualizado às 10h35.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

educação

17/11/2016 - 09h59min. Alterada em 17/11 às 11h36min

Estudantes ocupam saguão de mais um prédio da Pucrs

Ocupação é unificada entre todos os cursos da universidade

Ocupação é unificada entre todos os cursos da universidade


FREDY VIEIRA/JC
Leticia Bay
Após oito dias da primeira ocupação na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs), na Faculdade de Comunicação Social, a Escola de Humanidades, localizada no prédio 5, também foi ocupado por estudantes na noite de quarta-feira (16). Segundo a representante do DCE, Tássia Lopes do Santos, a decisão foi tomada após assembleia, que ocorreu em frente ao Prédio da Letras.
Durante o ato, foi deliberado que a partir desta data as ocupações da universidade estão unificadas. Ficou decidido ainda que as aulas não serão prejudicadas e que a maioria das manifestações passam a acontecer no prédio 5, local estratégico por ser perto da Reitoria e ter grande fluxo de estudantes. Também foram discutidas as principais pautas do movimento, entre elas as reivindicações contra a PEC 241/55, a reforma no Ensino Médio, por uma escola sem censura e contra o governo de Michel Temer.
Em nota, a universidade reiterou que as aulas acontecem normalmente e informou que a entrada no prédio acontece mediante a apresentação da carteira estudantil e documento de identificação com foto.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia