Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de novembro de 2016. Atualizado às 00h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

27/11/2016 - 19h04min. Alterada em 28/11 às 01h59min

Internacional vence Cruzeiro e renova esperança de se manter na Série A

Valdívia vibra após marcar gol que deu a vitória ao Inter sobre o Cruzeiro no Beira-Rio

Valdívia vibra após marcar gol que deu a vitória ao Inter sobre o Cruzeiro no Beira-Rio


RICARDO DUARTE/INTER/Divulgação/JC
O Internacional conquistou uma importante vitória neste domingo, ao bater o Cruzeiro por 1 a 0 no Beira-Rio, em Porto Alegre. O resultado mantém o clube vivo na luta pela permanência na Série A do Brasileirão.
Valdívia fez um golaço, digno dos torcedores que foram ao estádio, que registrou pouco mais de 28 mil torcedores. O jogador entrou no segundo tempo. O Colorado chegou aos 42 pontos e está na 17ª posição, com a mesma pontuação do Vitória (16º), que joga nesta segunda-feira (28) contra o Coritiba, no Paraná. O último jogo do campeonato será contra o Fluminense no próximo domingo, no Maracanã.
O time que entrou em campo para a última partida em casa da temporada teve novidades do meio para frente: Anselmo e Rodrigo Bob formaram a dupla de volantes e Seijas, Anderson e Alex compuseram o meio-campo; Nico López foi a referência no ataque. No setor defensivo, William e Geferson foram os laterais e Paulão e Ernando os zagueiros. 
O jogo foi regado á emoção. Trinta minutos antes da partida, um temporal despencou sobre a capital gaúcha. A intensidade da chuva diminuiu quando a bola começou a rolar, evitando impacto negativo ao gramado.
O duelo começou com ambos os times especulando no campo de ataque. O Inter conseguiu duas boas conclusões, a primeira delas aos 5min, quando Nico López roubou a bola na intermediária e avançou com velocidade em direção ao gol. Quando entrou na área, disparou o chute cruzado que saiu pela linha de fundo. Aos 11min, Seijas pegou a sobra nas proximidades da área e encheu o pé - a bola desviou na defesa e saiu para escanteio. Na cobrança, Alex alçou e Rodrigo Dourado cabeceou com perigo, ao lado do gol.
O Cruzeiro não deixava por menos. Com movimentação envolvente no meio-campo, rondava a área e dava trabalho aos marcadores colorados. O técnico Lisca mexeu batante no time, com substituições. Na etapa final, foram os mineiros que ameaçaram pela primeira vez. Aos 5min, Rafael Sobis chutou da ponta-esquerda e Danilo espalmou para escanteio. O Inter tentava trocar passes no meio, mas sofria com a eficiente marcação do Cruzeiro.
Valdívia e Ariel foram para o jogo nos lugares de Dourado e Seijas, respectivamente. Aos 19min, Vitinho experimentou de longe e Rafael fez a defesa. Aos 25min, foi a vez de Anderson tentar de longe para a defesa do goleiro cruzeirense. Aos 30min, Valdívia marcou, depois de partir com a bola na defesa, passar por três marcadores e alcançar a entrada da área. Com um chute certeiro, colocou abola no ângulo direito. 
Internacional 1 x 0 Cruzeiro
Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson (Vitinho); Rodrigo Dourado (Valdívia), Anselmo, Seijas (Ariel) Anderson e Alex; Nico López. Técnico: Lisca.
 Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Bryan (Edimar); Lucas Romero e Ariel Cabral (Ramón Ábila); Robinho, Alisson e Rafael Sóbis; Willian (Marcos Vinícius). Técnico: Mano Menezes.
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia