Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de novembro de 2016. Atualizado às 12h01.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 07/11/2016. Alterada em 06/11 às 21h34min

Inter perde para o líder e volta à zona de rebaixamento

Gol que garantiu a vitória do Verdão saiu de uma bola parada

Gol que garantiu a vitória do Verdão saiu de uma bola parada


INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Perder fora de casa não é nenhuma novidade para o Inter no Campeonato Brasileiro. A derrota por 1 a 0, ontem, para o Palmeiras era previsível. Além disso, o Vitória, adversário direto na luta contra o rebaixamento, venceu o Atlético-PR por 3 a 2 e empurrou o Colorado para a zona do rebaixamento. Sem ter jogos até o dia 16 de novembro, os gaúchos passarão 11 dias na Z-4, prejudicando o lado anímico do time. A próxima "final" será no dia 17, em casa, contra a Ponte Preta.
O Inter sentiu a falta de Vitinho. Decisivo nos jogos contra Figueirense, Coritiba e Flamengo, o atacante acabou sendo vetado pelos médicos do clube. Sem contar com seu melhor jogador no momento, o Colorado entrou em campo a apenas dois pontos da zona da degola e se prendendo ao histórico recente contra os times que ocupam as primeiras posições da competição. Eram quatro vitórias e três derrotas antes de a bola rolar. No entanto, a vitória não veio, e o clube completa cinco meses sem vencer fora de casa. O último triunfo foi diante do Santos, por 1 a 0, no dia 29 de maio, na longínqua 4ª rodada.
Os donos da casa não fizeram uma boa partida. Porém, com o apoio da torcida, o time do técnico Cuca aproveitou a instabilidade colorada, segurou as poucas investidas dos visitantes, e abriu o marcador aos 20 minutos do primeiro tempo. Cleiton Xavier, que ganhou a vaga do suspenso Moisés, aproveitou a falha de marcação adversária, após cobrança de escanteio, pegou o rebote, e chutou para o fundo das redes.
A única chance clara de gol do Inter saiu dos pés do experiente Alex. O camisa 12 cobrou falta com perigo, e a bola passou muito perto da trave direita do gol defendido por Jailson. Danilo Fernandes ainda salvou uma cabeçada do zagueiro Vitor Hugo.
O Inter voltou para o segundo tempo com Eduardo Sasha no lugar de Ceará, devolvendo William para a lateral-direita. O Colorado melhorou, mas falhou no arremate final. A grande chance de marcar saiu aos oito minutos. Geferson fez um belo lançamento, e Anderson chegou à frente da zaga palmeirense, mas o chute saiu forte, por cima do gol. Alecsandro ainda colocou uma bola na trave, desperdiçando o segundo do Verdão. Sem forças para reagir, a derrota chegou, mais uma vez, com naturalidade.
Palmeiras 1 x 0 Internacional
Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo, e Zé Roberto; Thiago Santos (Gabriel), Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Fabiano); Dudu, Róger Guedes (Alecsandro) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca.

Danilo Fernandes; Ceará (Eduardo Sasha), Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Anselmo, William, Anderson e Alex (Valdívia); Aylon (Diego). Técnico: Celso Roth.

Árbitro: Pericles Bassols (Fifa/PE).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 07/11/2016 12h46min
COLORADOS, PODEMOS VIBRAR SOMOS CAMPEÃO DO Z4 !!!nnEsta inédita campanha é mérito exclusivo do nosso grandioso Internacional, principalmente na pessoa do seu presidente Vitório Piffero, do seu grupo de conselheiros deliberativos e do departamento de futebol que sempre lhe apoiaram para chegarmos no Z4.nnA generosidade do Internacional é enorme que o treinador Celso Roth teve mais esta estupenda oportunidade e tempo para ajudar a enterrar o CLUBE, que o Falcão não teve no cargo.nnMesmo assim, continua prestigiado copiando o rodízio de jogadores do estilo Diego Aguirre, e até agora não tornou o time vencedor.nn n nAté que os jogadores provem ao contrário depois deste Pit Stop no Brasileirão, no momento o nosso Internacional é CAMPEÃO do Z4, e este título inédito nem os gremistas vão conseguir nos tirar este ano.nnA nossa campanha é tremenda de muita ruindade: 34 jogos, 38 pontos divididos em 10 vitórias, 8 empates, 16 derrotas, 32 GP, 38 GC e um saldo de 6, a matemática não mente e a bola pune.nnPor ironia do destino o primeiro time que está se salvando e abrindo mão deste título por hora, chama-se VITÓRIA-BA treinado pelo o detonado Argel Fucks, que convenhamos ajudou muito o Colorado nesta diferenciada campanha.nnAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 07.11.2016nnn
Dorian R. Bueno 07/11/2016 10h05min
Perdão, o nome correto do Venezuelano é Seijas.
Dorian R. Bueno 07/11/2016 09h52min
nO ALEX JOGA ÁGUA, JÁ O SEIXAS FAZ GOL E É RESERVA !!!nnOs jogadores precisam ser calmos e rebeldes como o reserva Seijas, isto é, quando ele entra para tentar fazer ao menos aquele GOL impossível que o técnico não espera.nnDepois com toda a sua educação vai ao microfone e justifica para o treinador que foi por acaso, apenas um acidente de percurso dentro de uma partida de futebol.nnReforça ainda que não fez aquele GOL contra o Santos por mal, e que desde aquele humilde gesto de calcanhar, passou a ser um reserva de luxo que não entra nem no lugar do rebelde ex- jogador e capitão Alex.nnNem Froid explicaria tanto desequilíbrio emocional do Alex que sempre foi um atleta bom de palavras, mas que no momento está atrapalhando com seu baixo desempenho o time.nnPara agravar, ainda humilhou com um tapa na mão do simpático massagista Banha que lhe ofereceu gentilmente uma garrafa dágua.nnDeveria ter usado toda esta raiva dentro do campo para pontecializar os seus chutinhos contra o Palmeiras, e não vir depois apavorado nos microfones pedir desculpas por ter errado com o massagista do nosso Internacional.nnO Alex ganha muito para poder pensar dentro e fora de campo, mas está perdido e sem força como todo o time do Colorado que mais uma vez está atolado no Z4.nnAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 07.11.2016nnn