Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de novembro de 2016. Atualizado às 21h48.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 04/11/2016. Alterada em 03/11 às 22h26min

Inter tenta segurar o líder fora de casa

Alex pode voltar ao time diante do Verdão, na Allianz Arena, domingo

Alex pode voltar ao time diante do Verdão, na Allianz Arena, domingo


Ricardo Duarte/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
A luta contra o rebaixamento parece que vai durar até a última rodada. Quando o Inter teve a chance de abrir quatro pontos sobre o Vitória, primeiro time fora do Z-4, a equipe tropeçou e não passou de um empate com o lanterna Santa Cruz, em pleno Beira-Rio. Para evitar o retorno à zona da degola, o desafio da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro não é nada fácil: o Colorado encara o líder Palmeiras, na Allianz Arena, neste domingo, às 17h.
Após o empate em 2 a 2 com o Atlético-MG e a eliminação na Copa do Brasil, a equipe foca as atenções no Brasileirão. O grupo retornou de Belo Horizonte na manhã desta quinta-feira. Os atletas se reapresentaram à tarde, e quem atuou contra o Galo realizou um trabalho regenerativo. O meia Anderson fez uma atividade na caixa de areia.
Uma dúvida para domingo contra o Verdão é o atacante Vitinho. Mesmo que os exames de imagem não tenham detectado lesão, o camisa 11 sentiu dores musculares durante o aquecimento no confronto com o Atlético, foi vetado e nem no banco de reservas ficou. Vitinho viajou direto para o Rio de Janeiro, onde ocorreu o julgamento dos incidentes ocorridos no Grenal 411, assim como o volante Rodrigo Dourado. O primeiro foi absolvido, e o segundo ficou na suspensão automática, já cumprida.
Quem trabalhou com bola, após período de recuperação, foi o uruguaio Nico López. O atacante está de fora desde o dia 28 de setembro, na partida contra o Santos. Ele foi diagnosticado com uma lesão muscular na coxa esquerda.
O técnico Celso Roth terá todo o grupo à disposição nesta sexta-feira, quando começará a encaminhar o time. Geferson, Paulão, Anselmo e Vitinho voltam naturalmente. Alex também é cotado, mas deve disputar a vaga com Anderson.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia