Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de novembro de 2016. Atualizado às 09h08.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Dólar dispara mais de 2% com crise política, na contramão do exterior

O dólar começou esta sexta-feira (25), em alta e chegou a subir mais de 2%, refletindo a aversão a risco em meio aos temores com a crise política que agora envolve o presidente Michel Temer. No exterior, a moeda se mostra mais fraca ante outras rivais. Às 9h15min, o dólar à vista subia 2,04%, aos R$ 3,4631. O dólar para dezembro avançava 1,99%, aos R$ 3,4655.

Segundo um operador, a percepção é de que a crise avança e chega cada vez mais perto do presidente Michel Temer, mas a questão da anistia ao Caixa 2 em campanha eleitoral, no caso das medidas anticorrupção, é o problema mais forte porque há risco de ameaçar o ajuste fiscal em tramitação no Congresso.

E ao contrário dos mercados externos, que são afetados pelo fechamento mais cedo das praças financeiras nos Estados Unidos, os mercados de câmbio e de juros mostram boa liquidez nesta manhã.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia