Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de novembro de 2016. Atualizado às 19h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 22/11 às 20h50min

Petrobras finaliza venda de bloco exploratório na Bacia de Santos

Agência Brasil
A Petrobras finalizou hoje (22) a venda da sua participação no bloco exploratório BM-S-8, na Bacia de Santos, para a Statoil Brasil Óleo e Gás LTDA. A operação, anunciada em 29 de julho deste ano, foi feita por meio de processo competitivo e faz parte do Plano de Desinvestimentos (venda de ativos) 2015-2016 da companhia.
De acordo com a Petrobras, o pagamento de US$ 1,25 bilhão, feito hoje, corresponde a 50% do valor total da transação. O restante será pago em parcelas relacionadas a eventos subsequentes, entre eles, a celebração do Acordo de Individualização da Produção, a chamada unitização, que é o processo de unificação da produção de um campo que extrapola o limite de um bloco.
A Petrobras informou que a conclusão da venda ocorreu depois de cumpridas todas as condições previstas no contrato, como a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Localizado na Bacia de Santos, o BM-S-8, onde ocorreu uma descoberta no prospecto exploratório Carcará, será operado pela Statoil, com 66% de participação, em parceria com a Petrogal Brasil S.A. (14%), Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A (10%) e Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás LTDA (10%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia