Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de novembro de 2016. Atualizado às 17h52.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

E-commerce

10/11/2016 - 17h56min. Alterada em 10/11 às 18h56min

Ibevar: deflação na internet passou de 0,38% em setembro a 0,78% em outubro

O Índice de Inflação na Internet, conhecido como E-flation, passou de -0,38% em setembro para -0,78%, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) em parceria com o Programa de Administração de Varejo (Provar).
Na comparação com outubro do ano passado, que apontava deflação de 0,21%, a variação foi de 0,57 ponto porcentual. Nos últimos 12 meses, no entanto, o índice acumulou inflação de 7,61%. De janeiro a outubro, o acumulado ficou em 4,83%, o que representa recuo de 0,05 ponto em relação ao mesmo período do ano passado.
Entre as dez categorias pesquisadas, sete registraram queda nos preços: Brinquedos (-4,90%), Cine e fotos (-2,30%), Informática (-1,27%), Livros (-1,66%), Medicamentos (-1,58%), Perfumes e Cosméticos (-0,87%) e Telefonia e Celulares (-0,21%). Foram registradas altas de preços nas categorias CDs e DVDs (4,79%), Eletrodomésticos (0,02%) e Eletroeletrônicos (1,72%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia