Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 30 de outubro de 2016. Atualizado às 13h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2016

30/10/2016 - 13h21min. Alterada em 30/10 às 14h50min

Marchezan Jr vota ao lado do filho e diz que eleitor teve tempo de decidir

Marchezan Júnior votou com o filho e uma sobrinha e fez o gesto de "V" de vitória

Marchezan Júnior votou com o filho e uma sobrinha e fez o gesto de "V" de vitória


Marcelo G. Ribeiro/JC
Patrícia Comunello
O candidato a prefeito em Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), votou na companhia do filho Marchezan Neto e de uma sobrinha no fim da manhã no Colégio Duque de Caxias, no bairro Menino Deus. Antes de entrar, apoiadores dos partidos da sua coligação e eleitores fizeram fotos com o candidato.  
Na cabine, a votação levou quatro segundos de votação até dar o barulho da confirmação do voto. Depois o tucano fez o sinal com a mão de V de vitória, gesto que é de praxe candidatos fazerem. "Estou muito feliz, hoje é dia de festa da democracia,  todos têm tempo para pensar e decidir o futuro dos próximos quatro anos de Porto Alegre", citou Marchezan Júnior.
Sobre a possibilidade de vencer e ocupar o cargo de prefeito, já que as pesquisas apontam a liderança, o tucano afirmou que, desde o início, "a gente se projeta no cargo que está almejando, mas a vitória ou não somente depois das 17h".     
A presença de viatura da Polícia Federal em frente à escola - que se repetiu no local de votação de Sebastião Melo na zona sul - foi aprovada por Marchezan, que entendeu como efeito dos "ânimos que foram instigados pelo outro candidato". "É importante a presença."
Sobre o fato de PSDB e PMDB estarem juntos no governo federal e em lado opostos na disputa em Porto Alegre, Marchezan Júnior avaliou que a questão local pauta mais os temas da cidade. "O debate aqui foi mais das expectativas da cidade, sobre a cidade almeja do que o debate nacional."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia