Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de outubro de 2016. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Memória

Notícia da edição impressa de 05/10/2016. Alterada em 04/10 às 20h36min

Placa demarca abusos cometidos no presídio feminino Madre Pelletier

 Prefeito Fortunati e presidente do Movimento de Justiça e Direitos humanos inauguram placa Marcas da Memória, em frente ao presídio Madre Pelletier

Prefeito Fortunati e presidente do Movimento de Justiça e Direitos humanos inauguram placa Marcas da Memória, em frente ao presídio Madre Pelletier


JOEL VARGAS/PMPA/JC
O presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), Jair Krischke, e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), inauguraram ontem a oitava placa do projeto Marcas da Memória, em frente à Penitenciária Feminina Madre Pelletier. A peça lembra dos abusos cometidos pela ditadura militar (1964-1985) contra mulheres que se opuseram ao regime e estiveram presas no local. "A ditadura militar de 1964, nesta penitenciária, brutalizou física e emocionalmente dezenas de mulheres em razão da militância política. Isoladas, passavam fome e eram submetidas a torturas em celas, hoje transformadas em canil. O terror da repressão enviava aos familiares falsas mensagens de que haviam morrido. Houve quem aqui ficou presa por uma década", diz a inscrição. O projeto Marcas da Memória demarca locais onde agentes da repressão violaram os direitos humanos.
 
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia