Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de outubro de 2016. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Supremo Tribunal Federal

Notícia da edição impressa de 05/10/2016. Alterada em 04/10 às 21h14min

Edson Fachin libera denúncia para julgar Renan Calheiros

 Imputação contra Renan Calheiros será finalmente avaliada

Imputação contra Renan Calheiros será finalmente avaliada


MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunjal Federal (STF), liberou, ontem, para julgamento em plenário a denúncia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no inquérito envolvendo a ex-amante dele, a jornalista Mônica Veloso.
Se a acusação for aceita, Renan passará a responder ao processo como réu. Ainda não há uma previsão para quando deve acontecer o julgamento. A denúncia chegou a ser liberada para julgamento pelo plenário em fevereiro deste ano, mas o ministro retirou o caso da pauta dias depois.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia