Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de outubro de 2016. Atualizado às 02h03.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2016

Notícia da edição impressa de 03/10/2016. Alterada em 03/10 às 01h04min

Eleição confirma fim da era Sarney no Maranhão, diz Flavio Dino

O governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), afirmou que o resultado das eleições municipais confirmam o fim da hegemonia da família e do grupo político do ex-presidente José Sarney (PMDB) no estado. Segundo Dino, o grupo de partidos que faz oposição ao PMDB maranhense conquistou a prefeitura de 150 dos 217 municípios do estado no primeiro turno. Nas eleições passadas, esse número foi 17. Somente o PCdoB, saltou de 4 prefeituras para 43.
Em São Luís, o candidato do PMDB, Fábio Câmara, terminou a disputa em quinto lugar, com 3,6% dos votos. Apoiado por Dino, o atual prefeito da capital maranhense, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), vai disputar o segundo turno com Eduardo Salim Braide (PMN). Esta foi a primeira eleição após a saída da família Sarney do governo do Maranhão, em 2014, quando Dino venceu a disputa e colocou fim em um ciclo de quase 50 anos de poder no estado do grupo político do ex-presidente.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia