Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de outubro de 2016. Atualizado às 19h26.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

imigração

16/10/2016 - 18h42min. Alterada em 16/10 às 19h30min

Na Grécia, imigrantes fazem motim após morte de mulher e filho

A polícia grega informou neste domingo que imigrantes que vivem em um acampamento na cidade de Salonica, no norte do país, realizam um motim após uma mulher curda de 35 anos e seu filho de 10 terem sido atropelados e mortos por um carro.
O motim começou na noite de domingo depois que uma ambulância se atrasou para chegar ao local. Os moradores do acampamento reclamaram também que a polícia se recusou a levar mãe e filho para um hospital.
Os imigrantes bloquearam a estrada, jogaram pedras nos policiais e tocaram fogo em duas viaturas da polícia. A polícia respondeu com bombas de gás e efeito moral. Os imigrantes tocaram fogo em latas de lixo para se defender. Com a calma restabelecida, eles voltaram para o acampamento, que abriga cerca de 1300 imigrantes.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia