Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 23 de outubro de 2016. Atualizado às 15h55.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

violência

Alterada em 23/10 às 16h57min

Vítima de estupro coletivo no Rio confirma participação de 10 homens no crime

Agência Brasil
A vítima de um estupro coletivo em São Gonçalo, no Grande Rio, prestou depoimento no sábado (22) à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) do município. Segundo a Polícia Civil, a mulher, de 34 anos, confirmou que foi estuprada por cerca de dez homens na madrugada do último dia 17.
O estupro foi flagrado por uma equipe da Polícia Militar, que fazia uma operação na região naquele momento. Dois adolescentes suspeitos de participar do crime foram detidos na hora. Os demais suspeitos conseguiram fugir.
A Polícia Civil informou que está fazendo diligências para identificar os outros suspeitos de cometer o crime.
Segundo informações divulgadas na imprensa, a mulher é moradora de uma comunidade carente de São Gonçalo e tem sido vítima de estupros frequentes, cometidos por criminosos que controlam a venda de drogas na região.
O depoimento de ontem foi acompanhado por representantes da Defensoria Pública e da Subsecretaria da Mulher do município. A subsecretaria encaminhará a vítima para atendimento psicossocial e a Defensoria Pública prestará apoio jurídico.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia