Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de outubro de 2016. Atualizado às 22h03.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Greve

Alterada em 04/10 às 22h07min

Greve de bancários completa 30 dias e deve ser a maior desde 2004

A greve dos bancários completa 30 dias nesta quarta-feira (5), e será a maior desde 2004, informou em nota o sindicato da categoria em São Paulo, Osasco e Região. Segundo a organização, 42 mil trabalhadores se mobilizaram na segunda-feira (3), com 791 locais de trabalho fechados.
A reunião mais recente entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários foi realizada no último dia 28. Na ocasião, houve proposta de reajuste de 7% e abono de R$ 3.500, com aumento real de 0,5% para 2017, proposta que "representa perda real de 1,9% no período de dois anos", avalia o sindicato.
Para voltar às atividades, a categoria reivindica reajuste salarial de 14,78%, sendo 5% de aumento real para uma inflação de 9,31%, e benefícios como vales alimentação e refeição, 13ª cesta, auxílio-creche, 14º salário.
Nos últimos 12 anos, a categoria conseguiu aumento real acumulado entre 2004 e 2015 de 20,85% e de 42,1% no piso. São cerca de 512 mil bancários no Brasil, sendo 142 mil na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, o maior do País.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia