Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 29 de outubro de 2016. Atualizado às 19h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

29/10/2016 - 20h55min. Alterada em 29/10 às 20h59min

Inter fica no empate com o Santa Cruz e se aproxima do Z4

Colorado saiu na frente, mas cedeu o empate aos pernambucanos

Colorado saiu na frente, mas cedeu o empate aos pernambucanos


Ricardo Duarte/Inter/Divugação/JC
O Internacional se complicou na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao empatar por 1 a 1 com o Santa Cruz, neste sábado, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixa o time colorado na 16.ª colocação com 38 pontos, a apenas dois de vantagem do grupo da degola.
O torcedor do Internacional, que esteve em bom número no estádio vaiou bastante a equipe após o término da partida. Além do fraco futebol apresentado, a indignação da arquibancada se justifica ainda mais se for analisado o retrospecto do adversário, que, até então, ocupava a lanterna e vinha de uma sequência de sete derrotas consecutivas no Brasileirão.
Com o empate, a equipe pernambucana conseguiu deixar a última colocação e subir para o 19.º lugar, com os mesmos 24 pontos do América-MG, que agora está em 20.º. O time mineiro ainda enfrentará o São Paulo nesta segunda-feira, em Belo Horizonte, no encerramento da rodada.
A equipe colorada deu impressão aos seus torcedores que faria um bom jogo. Começou pressionando e abriu o placar logo aos sete minutos de partida. Eduardo Sasha cabeceou, Tiago Cardoso espalmou e a bola sobrou para William, que voltou a cruzar para a área e Vitinho, de joelho, mandou para as redes.
O Santa Cruz não se entregou e conseguiu reagir. Aos 31 minutos, Vítor recebeu a bola na lado direito, avançou livre, cortou Ernando e cruzou para Léo Moura marcar de cabeça. A situação do Internacional piorou um pouco depois, aos 40, quando Eduardo Henrique cometeu falta dura em Roberto e recebeu o cartão vermelho.
Com um a menos, o Internacional tentou pressionar na segunda etapa, mas tinha dificuldade em furar a retranca do adversário. As melhores chances apareceram aos 28 e aos 29 minutos. Primeiro William recebeu na grande área, girou e bateu de perna esquerda. Tiago Cardoso fez grande defesa. Na sequência, Valdívia, que havia entrado no lugar de Vitinho, cobrou falta da esquerda na grande área e Eduardo Sasha, em posição irregular, mandou para as redes.
Com o time todo no ataque, o Internacional ainda quase perdeu a partida no final. Aos 40 minutos, em rápido contra-ataque, Arthur lançou Jadson, que ficou de frente com o goleiro Danilo Fernandes, mas chutou para fora. Após o apito do árbitro, os torcedores colorados vaiaram a equipe.
O Internacional agora volta as suas atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, tem o jogo de volta contra o Atlético Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O time colorado perdeu a partida de ida por 2 a 1, em Porto Alegre e precisa da vitória para ir à final.
Pelo Brasileirão, o Internacional enfrentará o líder Palmeiras, no próximo dia 6, um domingo, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Na mesma data, o Santa Cruz receberá o América-MG, no estádio do Arruda, no Recife, na briga contra a lanterna da competição.
Internacional 1 x 1 Santa Cruz
Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Fabinho e Eduardo Henrique; William, Alex (Anderson) e Eduardo Sasha (Aylon); Vitinho (Valdívia). Técnico: Celso Roth.
Tiago Cardoso; Vítor (Artur), Neris, Luan Peres e Roberto; Jadson, Derley (Wellington Silva), João Paulo (Mazinho) e Léo Moura; Keno e Grafite. Técnico: Adriano Teixeira.
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia