Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de outubro de 2016. Atualizado às 21h44.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 25/10/2016. Alterada em 24/10 às 22h39min

Aylon diz que atitude de atleta gremista no clássico foi covarde

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo pelo Brasileirão, Alex deve reforçar o time na Copa do Brasil

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo pelo Brasileirão, Alex deve reforçar o time na Copa do Brasil


INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Não foi diferente o assunto dos lados do Beira-Rio. A agressão do lateral-direito Edílson também foi pauta na coletiva no CT do Parque Gigante. O atacante Aylon avaliou como "covarde" a atitude do atleta gremista. Cotado para iniciar o jogo diante do Atlético-MG, amanhã, às 21h45min, no Beira-Rio, o jogador disse que todo grupo do Inter está preparado, independentemente da escolha por titulares ou reservas para atuar pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil.
"Ele (Edílson) foi muito infeliz no lance com o Rodrigo Dourado. Porque dar três, quatro socos em quem está de costas é uma atitude muito infeliz. Foi uma atitude covarde do Edílson. Creio que pegará uma suspensão", disse Aylon. Em relação ao Galo, o atacante afirmou que ainda não sabe quem jogará amanhã. "Independentemente do time que jogar contra o Atlético-MG, vamos entrar focados para buscar a vitória. O grupo todo está preparado para jogar. Sobre colocar time misto ou titular, é uma escolha do Celso Roth", completou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia