Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de outubro de 2016. Atualizado às 20h38.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

portos

31/10/2016 - 21h38min. Alterada em 31/10 às 21h40min

Novos contratos de portos deverão gerar quase R$ 850 milhões em investimentos

Os quatro contratos que o governo deve assinar nos próximos dias no setor portuário vão estimular investimentos que somam R$ 847,9 milhões. Do volume total, quase R$ 500 milhões estão relacionados a prorrogações de contratos de arrendamento e, segundo o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação, estão previstos no Programa de Parceria de Investimentos (PPI).
Somente a prorrogação antecipada do Contrato de Arrendamento do Terminal de Contêineres (Tecon) do porto de Salvador, da Wilson Sons, deve gerar investimentos de R$ 352,6 milhões. É em troca de obras nesse montante que a companhia terá a prorrogação de prazo do contrato atual, celebrado em março de 2000, em mais 25 anos. Com isso, o vencimento do contrato passará de 2025 para 2050.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia