Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de setembro de 2016. Atualizado às 00h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2016

Notícia da edição impressa de 29/09/2016. Alterada em 28/09 às 23h05min

Líder do MBL tenta votos para candidatos na Capital

 Kim Kataguiri (c) apoia Sperry, do Novo (d), e Rosário, do PSDB

Kim Kataguiri (c) apoia Sperry, do Novo (d), e Rosário, do PSDB


PATRÍCIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
A principal liderança do Movimento Brasil Livre (MBL) no País, Kim Kataguiri, não é candidato nem vota em Porto Alegre, mas virou atração ontem entre eleitores e candidatos ao pleito. Kataguiri chegou ao Estado na terça-feira e participou de ações de candidatos como Matheus Sperry, do Partido Novo, e Ramiro Rosário (PSDB). O líder explicou que o movimento apoia nomes de diversas siglas. Em Porto Alegre, o MBL declarou apoio a Nelson Marchezan Jr. (PSDB) na majoritária.
Kataguiri desfilou na Rua da Praia ao meio-dia de ontem, no entorno do bandeiraço que Marchezan promovia. Kataguiri informou que a organização recorrerá da decisão da Justiça paulista que proibiu a sigla de fazer campanha em seu site e YouTube ao candidato a vereador na capital paulistana Fernando Holiday (DEM). A decisão atendeu a um pedido de um candidato do PSOL. "Foi um tiro no pé, isso atraiu mais atenção e dobrou o engajamento na página do Fernando Holiday", reagiu o líder do MBL.
Sperry disse que fez um evento e muita gente foi só por causa de Kataguiri. "O Kim nos representa, e nós representamos as manifestações e a mudança", valorizou o candidato do Novo, ligado ao MBL. "Vamos formar a bancada do MBL na Câmara", disse Rosário, um dos fundadores do movimento no Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia