Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de setembro de 2016. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

ELEIÇÕES 2016

Notícia da edição impressa de 19/09/2016. Alterada em 18/09 às 21h10min

Justiça defere candidatura de Marcello Chiodo para prefeito de Porto Alegre

A Justiça Eleitoral deferiu o registro da candidatura de Marcello Chiodo (PV) para a prefeitura de Porto Alegre. A sentença da juíza Mara Lúcia Facchini, da 1ª Zona Eleitoral, foi publicada no sábado, 17 de setembro. Com o deferimento, o candidato diz que dará início oficialmente à campanha, que até então estava centrada na divulgação dos candidatos a vereadores.
A candidatura majoritária do PV havia sido indeferida em 2 de setembro, devido à não comprovação de elegibilidade do então candidato a vice na chapa, João Quadros, da mesma sigla. Chiodo e membros da executiva do PV indicaram Eduardo Bochi (PV) em substituição ao colega de partido.
A candidatura de Chiodo foi definida em convenção do partido no dia 24 de julho. Em 5 de agosto, por decisão da direção estadual do PV, sua candidatura foi retirada, e a sigla optou por apoiar Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Chiodo buscou a Justiça para garantir o registro da candidatura, que corre sob liminar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia