Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de setembro de 2016. Atualizado às 00h09.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Relações Diplomáticas

Notícia da edição impressa de 15/09/2016. Alterada em 15/09 às 00h03min

Promotor equatoriano vai interrogar Assange

Promotores da Suécia afirmaram que uma autoridade equatoriana interrogará o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, em nome do país europeu no próximo mês. O procedimento ocorrerá na residência atual do ativista, a embaixada do Equador em Londres.
Assange é acusado de estupro em uma investigação sobre episódio ocorrido durante sua visita à Suécia em 2010. Ele nega as alegações e diz que houve sexo consensual. Para evitar que o Reino Unido o extraditasse, em 2012 pediu asilo na embaixada equatoriana.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia