Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de setembro de 2016. Atualizado às 20h08.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 29/09 às 20h13min

Alex garante que rivais 'não terão o prazer' de ver o Inter rebaixado

A péssima campanha do Internacional no Campeonato Brasileiro coloca a equipe na zona de rebaixamento, com 27 pontos, na 18.ª colocação. O risco de cair pela primeira vez na história da competição existe e mexe com o clube e os rivais. Mas o experiente meia Alex mostrou confiança e garantiu que o time colorado seguirá na elite em 2017.
"Tem adversário querendo ajudar a nos rebaixar, mas não podemos nos entregar. Há muitos, ninguém quer ver o Inter como adversário. Afirmo para os clubes que têm esse interesse de se abraçar que não terão esse prazer", garantiu nesta quinta. "Estou dizendo a quem quiser se juntar: não terão o prazer de ver o Inter na segunda divisão."
O clube gaúcho está quatro pontos atrás do Figueirense, primeiro fora da zona de rebaixamento. Por isso, o confronto entre eles neste sábado, no Beira-Rio, é fundamental para as pretensões do Inter de seguir na elite. "Temos que vencer esse jogo de qualquer maneira. Precisamos muito de resultado agora" admitiu Alex.
O meia e o restante do elenco colorando se reapresentaram nesta quinta-feira depois da derrota de quarta para o Santos, por 2 a 1, na abertura das quartas de final da Copa do Brasil. Os titulares realizaram um trabalho regenerativo, enquanto os reservas foram a campo para um treino técnico, incluindo o zagueiro Leandro Almeida, que se recuperou de lesão e deve ficar à disposição para o fim de semana, após dois meses fora.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia