Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 25 de setembro de 2016. Atualizado às 21h13.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 25/09 às 21h13min

Internacional perde mais uma e aumenta drama contra o rebaixamento

Gustavo Ferrareis marcou o único gol colorado na partida

Gustavo Ferrareis marcou o único gol colorado na partida


S.C. Internacional/reprodução/twitter/JC
Em posições antagônicas na tabela de classificação, Internacional e Atlético-MG jogaram neste domingo (25) no estádio Independência, em Belo Horizonte, ambos precisando desesperadamente da vitória. O time mineiro para se manter na luta pelo título. A equipe colorada, por sua vez, para ganhar mais fôlego na luta contra rebaixamento. E deu o time da casa, que venceu por 3 a 1, se consolidou ainda mais na terceira posição, com 49 pontos, e se manteve a quatro de diferença para o Flamengo, o segundo colocado. Para completar, agora está quatro à frente do Santos, o quarto colocado, que no último sábado foi derrotado pelo Sport em Recife.
Já o Internacional permaneceu com 27 pontos e aumentou o seu drama na zona do rebaixamento, pois agora está quatro atrás do Figueirense, primeira equipe agora fora da zona de degola e justamente o próximo rival do time colorado, no próximo sábado, às 21 horas, no Beira-Rio. Fred, Clayton e Lucas Pratto fizeram para o Atlético no confronto desta noite de domingo. Rodrigo Ferrareis marcou para a equipe gaúcha.
A partida foi válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim como no jogo de sábado entre América-MG e Botafogo, com vitória por 1 a 0 do time mineiro, o Independência apresentou queda de energia. A justificativa da Cemig, estatal de eletricidade no Estado, são as chuvas em Minas. A falta de luz ocorreu antes do início da partida e durou cerca de 10 minutos.
Assim como o Inter, o Atlético vai voltar a campo pelo Brasileirão no próximo sábado. Vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta em partida marcada para as 16h30 no Moisés Lucarelli. Antes disso, porém, o time irá atuar na Copa do Brasil diante do Juventude, quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, pelo duelo de ida das quartas de final.
Em partida equilibrada, o Atlético foi o primeiro a chegar ao ataque neste domingo. Cazares, logo no primeiro minuto, cruzou da direita e Robinho chutou da entrada da área. Danilo Fernandes buscou no canto esquerdo. Aos cinco minutos, a resposta do time gaúcho veio em chute de Gustavo Ferrareis de longe. Victor colocou para escanteio.
O Atlético abriu o placar aos 14 minutos, com Fred, depois de cruzamento da esquerda de Robinho. O atacante cabeceou e o goleiro defendeu, mas deu rebote e a bola voltou para o goleador atleticano, que na segunda oportunidade colocou pra dentro.
O ritmo do jogo diminui depois do gol. Mas, aos 27 minutos, o Atlético fez o segundo, com Clayton. O jogador recebeu de Fred e chegou a perder a bola para Ceará. O lateral, porém, não conseguiu o domínio e o jogador atleticano chutou no canto direito, sem chances para Danilo Fernandes.
Pressionado, o Internacional diminuiu aos 30 minutos com Gustavo Ferrareis de voleio, depois de lateral cobrado por Ceará e desvio de Aylon de cabeça. Gustavo Ferrareis, por sua vez, por pouco não empatou aos 43 minutos, em chute pra fora, mas com perigo.
Se o Atlético foi o primeiro a chegar na etapa inicial, a situação se inverteu no segundo tempo. Alex chutou da entrada da área e Victor pegou. O Internacional voltou melhor que o Atlético dos vestiários. Alex tentou de novo aos 12 minutos, mas para fora. Aos 19 minutos, os jogadores do Atlético pediram pênalti depois de chute de Robinho que parou em William. O juiz mandou o jogo seguir.
E o Internacional foi aumentando a pressão sobre o Atlético. Aos 26 minutos, William cobrou falta por cima do gol de Victor. Alex chegou com perigo aos 33 minutos, mas chutou longe da meta alvinegra.
O empate do Internacional parecia estar amadurecendo, mas foi o Atlético que marcou novamente. Pratto, aos 35 minutos, tabelou com Dátolo e ampliou para o time da casa para alívio da torcida atleticana no Horto. Pratto desperdiçou outra chance aos 42 minutos, chutando para fora ao receber passe de Robinho. Fim de jogo, e o Atlético mantém a esperança do título.
Atlético-MG 3 x 1 Internacional
Victor; Carlos César (Patric), Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca e Júnior Urso; Clayton, Cazares (Dátolo) e Robinho; Fred (Lucas Pratto). Técnico: Marcelo Oliveira.
Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Ceará; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Alex (Anderson) e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha (Valdívia) e Aylon (Brenner). Técnico: Celso Roth.
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia