Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de setembro de 2016. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

22/09/2016 - 21h39min. Alterada em 22/09 às 21h42min

Inter perde do Fortaleza, mas avança às quartas da Copa do Brasil

Anderson teve atuação apagada na derrota do Inter contra o Fortaleza pela Copa do Brasil

Anderson teve atuação apagada na derrota do Inter contra o Fortaleza pela Copa do Brasil


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O Internacional sofreu, mas carimbou sua classificação às quartas de final da Copa do Brasil mesmo com a derrota para o Fortaleza por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza. O time gaúcho se apoiou no duelo de ida, em que venceu por 3 a 0, no Beira-Rio, e lhe garantiu vantagem no placar agregado: 3 a 1.
Classificado, o Inter aguarda o sorteio, que será realizado na manhã desta sexta-feira, para conhecer seu adversário na próxima fase do mata-mata.
O time cearense, que está a dois jogos do acesso na Série C - enfrenta o Juventude -, só
avançaria se derrotasse o Internacional por uma diferença de quatro gols. E estreou o técnico Hemerson Maria escolhido para substituir a Marquinhos Santos que se transferiu para o Figueirense.
Vivendo uma situação delicada no Campeonato Brasileiro, onde vem de três derrotas seguidas e figura na zona de rebaixamento, o Inter entrou em campo com um time misto, apoiado na vantagem conquistada no duelo de ida. Enquanto isso, o Fortaleza, surpreendentemente, foi com força máxima.
Precisando golear de qualquer maneira para seguir vivo na competição, o Fortaleza foi com tudo para o ataque. Logo aos 13 minutos, Everton recebeu pela esquerda e cruzou na medida para Willian Simões, que mandou na trave. No lance seguinte, o mesmo Everton cruzou para Danilo Sobralense escorar para o fundo das redes.
O Internacional cresceu de produção e chegou com perigo aos 22 minutos, com Ferrareis, que mandou para fora. O time gaúcho tentou um abafa, mas por muito pouco não tomou o segundo gol. Danilo Sobralense recebeu de Felipe e chutou para a defesa de Danilo Fernandes.
A melhor chance do Inter aconteceu logo depois. Seijas deixou Gustavo Ferrareis na cara do gol. O meia passou por Ricardo Berna e chutou. Lima afastou o perigo em cima da linha, salvando o Fortaleza de levar o empate.
O segundo tempo foi um pouco mais equilibrado. O Fortaleza dominou as ações, mas sofreu com a forte marcação do Inter, que praticamente abdicou de atacar. Aos 15 minutos, Corrêa rolou para Daniel Sobralense cruzar na medida para Anselmo, que, dentro da área, mandou para fora.
Em boa vantagem, o time gaúcho se fechou e segurou o Fortaleza, que viu o último suspiro acontecer aos 37 minutos, quando Anselmo testou firme para um milagre de Danilo Fernandes, confirmando assim a classificação à próxima fase.
Ao final do jogo, o cearense Pio caiu no gramado desacordado como resultado de um choque de cabeça que teve durante o jogo. Ele foi atendido pelos médicos dos dois clubes e levado ao hospital para realizar exames mais detalhados.
Fortaleza 1 x 0 Internacional
  Ricardo Berna; Felipe, Lima, Edimar e Willian Simões; Juliano, Corrêa, Daniel Sobralense (João Paulo Penha) e Everton (Ronaldo); Juninho (Pio) e Anselmo. Técnico: Hemerson Maria.
Danilo Fernandes; Ceará (William), Paulão, Eduardo e Alex; Fernando Bob, Fabinho, Anderson (Eduardo Sasha), Seijas e Gustavo Ferrareis; Brenner (Aylon). Técnico: Celso Roth.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia