Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de setembro de 2016. Atualizado às 19h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

eliminatórias da copa

22/09/2016 - 20h00min. Alterada em 22/09 às 20h01min

Argentina descarta Messi para próximos jogos das Eliminatórias por causa de lesão

O técnico da seleção da Argentina, Edgardo Bauza, descartou nesta quinta-feira o atacante Lionel Messi para os dois próximos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Bauza confirmou que não convocará o jogador, que se machucou na quarta e tem previsão de retorno em três semanas.
Com esta estimativa, Messi não teria condições de jogar as partida contra o Peru, no dia 6 de outubro, e contra o Paraguai, no dia 11. Mesmo se conseguisse se recuperar rapidamente, o atacante do Barcelona estaria sem ritmo de jogo, daí a opção anunciada pela Argentina nesta quinta.
"Resolvemos liberar da próxima convocação o jogador Lionel Messi devido à lesão muscular que sofreu na partida do Barcelona na quarta, contra o Atlético de Madrid", anunciou a Associação de Futebol da Argentina (AFA), em comunicado.
Messi se machucou no segundo tempo do clássico com o Atlético, em rodada do Campeonato Espanhol. Exames realizados logo depois da partida constataram uma contusão muscular na coxa direita. O atacante já havia desfalcado a Argentina no jogo contra a Venezuela, na rodada passada das Eliminatórias.
A AFA explicou que tomou a decisão com base no relatórios enviados pelo departamento médico do Barcelona. "O corte foi decidido com base nos relatórios enviados e na conversas mantidas com os profissionais da Associação de Futebol da Argentina", justificou a entidade argentina.
Edgardo Bauza lamentou o desfalque e afirmou que já pensa na escalação da Argentina sem o craque. "Sem ele, o time não é o mesmo, e para o rival também. Mas já estamos pensando, temos várias opções para trabalhar nos três dias anteriores ao jogo contra o Peru", disse o treinador.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia