Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de setembro de 2016. Atualizado às 12h28.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Tênis

Alterada em 18/09 às 12h30min

Bellucci perde e Brasil se despede de confronto contra Bélgica da Copa Davis sem vitórias

Depois de ver o sonho de voltar à elite do tênis mundial em 2017 cair por terra no sábado (17), o Brasil tentava se despedir do confronto com a Bélgica, nos playoffs da Copa Davis, com pelo menos uma vitória. Mas Thomaz Bellucci foi facilmente batido por Joris De Loore neste domingo e o País viu os adversários fecharem o duelo com extrema facilidade, por 4 a 0.
Número 79 do mundo, Bellucci estava em dia irreconhecível e sequer impôs muita dificuldade para o jovem adversário. De Loore, de 23 anos, é somente o número 190 do mundo, mas neste domingo contou com o apoio da torcida em Ostend para fazer 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 6/2.
Bellucci já havia caído na estreia para Steve Darcis, na sexta-feira, mesmo dia da derrota de Thiago Monteiro para David Goffin. O revés mais surpreendente, no entanto, aconteceu no sábado, quando a dupla brasileira formada por Bruno Soares e Marcelo Melo perdeu para Ruben Bemelmans e De Loore.
Com a eliminação já decretada, o Brasil acordou com a Bélgica uma partida mais curta neste domingo, em melhor de três sets. De Loore foi bastante superior no decorrer deles, aproveitou quatro break points e impediu Bellucci alcançasse sequer uma quebra.
Brasil e Bélgica também acordaram que a quinta partida prevista para o duelo, entre Thiago Monteiro e Steve Darcis, fosse cancelada. Com a eliminação, o País voltará a disputar o Zonal Americano no ano que vem.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia